Revisão do carro: saiba quais itens importantes não podem ficar de fora

Revisão do carro: saiba quais itens importantes não podem ficar de fora

ConectCar

Férias é sempre bom, não é mesmo? Mas você precisa estar atento quando o assunto é revisão do carro. Afinal, ninguém quer passar sufoco na estrada, principalmente se sua viagem vai ser longa.

A revisão do seu veículo deve ser periódica, para que sejam evitados os contratempos. Com a revisão sempre em dia, você consegue manter o bom estado do veículo e, principalmente, sua segurança. A falta de revisão do carro pode aumentar em até três vezes o risco de acidentes, por isso as revisões preventivas são tão importantes. Além disso, as peças desgastadas tendem a gastar mais combustível, afetando assim sua economia.

Quais os componentes do veículo que precisam de mais atenção?

Freios
Entre os itens indispensáveis que precisam de revisão estão os freios. É fundamental fazer a checagem dos discos, tambor, fluído de freio e pastilhas. Fique atento aos sinais! Geralmente a vibração do pedal e os ruídos quando o freio é acionado são indícios de que algo não está legal.

Velas
As velas são primordiais para o bom funcionamento do motor. A troca pode variar conforme o modelo do veículo, entre 15 mil e 100 mil quilômetros rodados. É preciso ficar de olho, pois geralmente elas não indicam falhas aparentes.

Pneus
As estradas brasileiras, infelizmente, não são exemplos do que há de melhor. Buracos e irregularidades podem danificar o balanceamento e alinhamento dos pneus. A revisão dos pneus deve ser realizada a cada 10 mil quilômetros, aproximadamente. Você consegue saber se o carro está desalinhado com um simples teste: em uma rua vazia, acelere até 60km/h e verifique se o veículo pende mais para um lado do que para outro. Se sim, ele está desalinhado.

Correia dentada
A correia dentada faz o controle de abertura e fechamento das válvulas do motor, além do movimento dos pistões no cilindro. Assim como as velas ela também não dá sinais de falhas, mas o rompimento pode trazer prejuízos enormes, incluindo a paralisação do motor. O ideal é fazer a troca a cada 3 anos ou 10 mil quilômetros rodados. Alguns especialistas indicam que a revisão seja feita pelo menos 2 vezes ao ano.

Embreagem
O motor e o sistema de transmissão do veículo são ligados pela embreagem. Essa peça é composta por um conjunto de outras: placa de pressão, rolamento, disco de embreagem, sistema hidráulico e pedal esquerdo da embreagem. Quanto mais você troca de marcha mais desgasta essas peças. Ou seja, se você costuma dirigir dentro da cidade mais do que nas estradas, leve em conta a revisão da embreagem pelo menos uma vez ao ano.

Luzes
Como estão as luzes do seu carro? Verifique sempre que possível as luzes dos piscas, ré, freio e faróis, já que pode ser muito perigoso viajar com alguma delas falhando. Dirigir com as luzes queimadas pode gerar uma infração de pontos na carteira e multa, além de prejudicar a segurança de todos que estão no veículo.

Óleo
O óleo serve para lubrificar e limpar internamente o motor, garantindo o bom funcionamento dele. O prazo de troca de óleo é entre 5 mil e 10 mil quilômetros rodados. Mas é sempre importante ressaltar que tudo depende do manual e modelo do veículo. Apesar de ser um procedimento simples, o ideal é um profissional verificar como está o reservatório, afinal, corre-se o risco de bolhas de ar prejudicarem o sistema de frenagem do carro, caso o reservatório seja aberto incorretamente.

Sistema de arrefecimento
Você conhece o sistema de arrefecimento? Ele é composto por radiador, mangueiras, bombas d’água, reservatório e ventoinha, sendo o responsável por manter a temperatura ideal para o funcionamento do propulsor do veículo. As oficinas especializadas fazem a inspeção, realizando o procedimento com o motor frio e verificando se há vazamentos. A revisão é indicada a cada 8 meses.

Filtro de combustível
Para evitar a passagem de sujeira do tanque para o motor, o veículo possui um filtro de combustível. Essa peça precisa ser trocada entre 10 mil e 15 mil quilômetros rodados. Quando você tiver dificuldade em arrancar o carro ou quando a marcha estiver lenta, fique atento: está na hora de trocar.

Fique sempre de olho nesses itens e suas viagens nunca terão erro. E o melhor: você ainda garante uma vida útil mais longa para seu carro.

Para a outra parte da viagem, a de ficar tranquilo no caminho, a gente te acompanha por onde você for. Qual será o seu próximo destino?

CONHEÇA NOSSOS PLANOS

Por que colocar um adesivo no meu carro para passar sem filas?Música para curtir no carro: 7 playlists para animar sua viagem